Segunda-feira, 21 de Março de 2005

Elementos




Olhando o céu, elemento de cor e luz, sonho,
Respirando a terra, por onde caminho, acordo.

O horizonte dá-me a resposta,
Que não encontro, quando procuro,
Mas que me persegue,
Quando não olho.

Lá ao fundo, dois corpos, que se tocam,
Linhas ténues, desenhos que não existem.
Desejos enormes, numa linha ténue
Que a cada toque se quebra,
A cada encontro se renova.

No encontro de duas vidas,
No espaço de um sonho,
Vivem duas almas,
Dois caminhos, que se encontram,
Mas,
Vezes sem conta,
Eu não olho, nem vejo.

Acordo!







publicado por eu34 às 12:09
link do post | favorito
De Anónimo a 21 de Março de 2005 às 19:50
Uma harmonia de palavras e sentidos...adorei.beijos* Vampiria
(http://www.childrenofglamour.blogs.sapo.pt)
(mailto:pppp@hotmail.com)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.estou por aí... entre a realidade e os sonhos....

.pesquisar

 

.Dezembro 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Até lá...

. Análise

. Pergunto...

. Alice perdeu o amor.

. Quarto sem luz ...

. Inocência perdida.

. Espaço vazio.

. Resistir (sem data de reg...

. Li algures...

. A olhar a minha rua.

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.subscrever feeds