Quarta-feira, 23 de Março de 2005

Dor



Lágrimas que caem e que ninguém vê.
Lágrimas derramadas a cada instante que vivo.

Hoje choro.

Choro pela mulher que não sou.
Choro pela mulher que gostava de ter sido.
Choro pelos sonhos que perdi.
Choro pelos sonhos que desisti de sonhar.

Hoje choro.

Choro pelo homem que não amo.
Choro pelo homem que me ama.
Choro pelo homem que amei e
Ainda amo.
Choro pelo homem que não me ama

Hoje choro.

Porque vi o que não quero ver.
Porque sou quem não quero ser.

Hoje choro.

Pela minha cobardia.
Pela minha falta de coragem.
Pelos dias que passam.
Pelos dias que deixei passar.

Hoje está a doer demais.

publicado por eu34 às 15:13
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.estou por aí... entre a realidade e os sonhos....

.pesquisar

 

.Dezembro 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Até lá...

. Análise

. Pergunto...

. Alice perdeu o amor.

. Quarto sem luz ...

. Inocência perdida.

. Espaço vazio.

. Resistir (sem data de reg...

. Li algures...

. A olhar a minha rua.

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.subscrever feeds