Sexta-feira, 13 de Maio de 2005

Palavras sem voz

praia2_worked_200.jpg


Lembras-te de me dizer:

“…ontem fomos carne, hoje somos alma, amanhã seremos voz...”?

A segurança com que mo disseste esbarrou no mesmo instante com a certeza do impossível.

Acabaste de me dizer “Adeus...”.

Não ouvi a tua voz.

publicado por eu34 às 16:21
link do post | obrigada pela visita | favorito
|
3 comentários:
De Anónimo a 14 de Maio de 2005 às 16:35
Querida Eu33
Segue-se o silêncio...
Um beijo
DanielDaniel Aladiah
(http://aladiah.blogspot.com)
(mailto:aladiah2005@hotmail.com)
De Anónimo a 14 de Maio de 2005 às 10:10
Adorei...lindo! Na hora do adeus, só ouvimos a pronuncia da palavra mais traidora. Nunca a voz, o cheiro, o toque da pessoa. Beijinhos e bom fim de semanaPatrícia
(http://www.osoldatuaalma.blogs.sapo.pt)
(mailto:crazyflower1703@hotmail.com)
De Anónimo a 13 de Maio de 2005 às 17:03
Nem sempre, conseguimos conter em nós as emoções que um imprevisto nos provoca. De qualquer forma, amanhã será outro dia, e todas as palavras têm voz, basta querermos escutá-la, basta ser paciente e seguramente conseguiremos ouvir-nos melhor. Beijo
alfa69
(http://daquidali.blogs.sapo.pt)
(mailto:aalmas@marbosserra.pt)

Comentar post

.estou por aí... entre a realidade e os sonhos....

.pesquisar

 

.Dezembro 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Até lá...

. Análise

. Pergunto...

. Alice perdeu o amor.

. Quarto sem luz ...

. Inocência perdida.

. Espaço vazio.

. Resistir (sem data de reg...

. Li algures...

. A olhar a minha rua.

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.subscrever feeds