Terça-feira, 19 de Julho de 2005

Máscara.

DSC_0342_13.jpg


Assim escondida,

Neste rosto que não vês,

Que pressentes,

Escorrem lágrimas,

De olhares que te procuram,

E que não te vêem!



Ontem, como hoje, sorri,

Fiz caretas, bocejei, vivi.

Hoje, como ontem, sobrevivi

À dor de não te ter,

À cobardia de não querer sofrer,



Leio, leio de novo

As tuas palavras,

Cismando nelas,

Percebendo o fim da magia,

Doce, amarga, feliz,

Trágica.



De cada vez que partes,

Sinto a necessidade de

Voltar ao princípio de nós dois,

Preparar a saudade do

Adeus.



Que não consigo!



Como dói!

Lágrimas secas,

Engolidas, travadas,

Teimosa dor que me

Esmaga.



Grito-te para que me ouças,

E baixinho pressinto a tua

Voz, calma e forte.

Na memória de um momento,

Numa recordação doce.

Solitária.

Uma eterna vez.



O meu corpo sem

Alento, sem desejo.

Espera, sufocado o

Carinho que não chega.

Que não procuro!

Que não quero.



Serás, para sempre,

O meu “…e se?...”.

“Como teria sido…?”

Sonho.



Que raiva!

Destruído pela saudade,

Que ficará, o meu rosto

Escondido, não é de ninguém.

Nem meu, nem teu.

Deles, somente!



Não deixes de me querer!



Vai!!!

Procura e encontra,

Descobre, conquista.

Sê feliz.

Serei também.

Por ti.

Contigo.






publicado por eu34 às 13:50
link do post | obrigada pela visita | favorito
|
6 comentários:
De Anónimo a 22 de Julho de 2005 às 01:27
É sempre difícil comentar poesia.
É sempre difícil avaliar os sentimentos de outra pessoa.
É muitas vezes difícil conviver com os nossos próprios sentimentos. Daí as máscaras atrás das quais nos escondemos, deixando, muitas vezes, fugir oportunidades de sermos felizes por não termos coragem de mostrar aos outros o amor que temos para dar.
Sê feliz!

Jose S.
(http://ruadobeco.sapo.pt)
(mailto:jgjs2@sapo.pt)
De Anónimo a 21 de Julho de 2005 às 16:22
Querida Eu33
Como sempre, as tuas palavras têm imensa força. Senti o Cyrano aqui... e, como ele, desejo só que sejas feliz com quem te amar e tu amares.
Até ao cair das máscaras...
Um beijo
DanielDaniel Aladiah
(http://aladiah.blogspot.com)
(mailto:aladiah2005@hotmail.com)
De Anónimo a 21 de Julho de 2005 às 09:52
Muito bonito. imar
(http://www.falabaixinho.blogspot.com)
(mailto:das@clix.pt)
De Anónimo a 20 de Julho de 2005 às 23:39
Lindo. Não deixes a saudade abater-te. Fica bemmaryjo
(http://www.pianihodosapo.blogs.sapo.pt)
(mailto:is@sapo.pt)
De Anónimo a 19 de Julho de 2005 às 19:39
O nosso coração deixa o cérebro baralhado...isso complica as escolhas.estrela
(http://)
(mailto:estrela@xmail.pt)
De Anónimo a 19 de Julho de 2005 às 15:54
Intenso... BjsPeter
</a>
(mailto:btolliveira@hotmail.com)

Comentar post

.estou por aí... entre a realidade e os sonhos....

.pesquisar

 

.Dezembro 2005

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Até lá...

. Análise

. Pergunto...

. Alice perdeu o amor.

. Quarto sem luz ...

. Inocência perdida.

. Espaço vazio.

. Resistir (sem data de reg...

. Li algures...

. A olhar a minha rua.

.arquivos

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.subscrever feeds